o que você precisa saber para ser mei

Tudo o que você precisa saber antes de se tornar um MEI!

O post de hoje é bastante explicativo e voltado para quem ainda não é um MEI e está procurando saber mais sobre o assunto antes de se regularizar.

Microempreendedor Individual (MEI) é a configuração empresarial mais simples do Brasil e foi criada em 2009 para ajudar trabalhadores a saírem da informalidade. Devido a facilidade do processo e dos benefícios oferecidos, atualmente existem mais de 7,5 milhões de MEIs no país.

Por isso, confira agora as respostas para as dúvidas mais frequentes e tudo o que você precisa saber antes de se tornar um MEI. Acompanhe:

Critérios para ser MEI

É bem simples, mas existem alguns critérios para isso. Primeiramente o MEI não pode ser sócio ou participar de outra empresa.

Ele deve se encaixar em uma das atividades permitidas, previstas no Portal do Empreendedor e estar atento ao seu faturamento. O limite anual do MEI é de R$ 81 mil, por isso, se você acredita que terá um faturamento maior do que esse, já deve procurar outra categoria para se regularizar.

O que fazer quando a minha atividade não estiver na lista? 

Não é aconselhável que você se cadastre em uma atividade que não é a que você irá exercer. Mas, dentro das categorias principais existem outras subcategorias na qual o seu negócio pode se encaixar.

Assim que você se torna um microempreendedor, recebe um alvará provisório de 180 dias. Durante esse período, pode receber a visita da fiscalização de seu município, por esse motivo fique atento.

Leia mais: Tipos de alvará MEI que você precisa no seu negócio.

Como me formalizar?

Uma das características do Microempreendedor Individual é a facilidade para se regularizar. Nós do MEU MEI auxiliamos o empreendedor nesse momento e resolvemos todos os trâmites sem burocracia e em até 24 horas, sem dor de cabeça! Confira:

  • Serviço: CNPJ, certificado e DAS
    Especialista em: Registrobaixa no CNPJalterações no cadastro .
    Vantagem: Oferecemos garantia de serviço prestado pagando uma taxa única. Temos suporte total ao cliente e esclarecimento de dúvidas.

Quais são as obrigações do MEI?

Assim, como nas outras categorias, além dos direitos o MEI também tem deveres. Dessa forma, ele é uma figura tributária individual e possui basicamente duas obrigações. Sendo elas, pagar mensalmente os tributos da guia DAS e, fazer a sua declaração anual de rendimentos (DASN-SIMEI) até o dia 31 de maio de todo ano.

Leia mais: As obrigações do Microempreendedor Individual.

O imposto MEI dá direito a quê?

No valor do DAS está incluso o INSS, que é a seguridade social do próprio individuo. O valor do DAS varia entre R$ 50,90 e R$ 55,90 de acordo com a atividade exercida.

Sendo assim, ao pagar o DAS, o MEI tem direito aos benefícios previdenciários que seguem a legislação vigente da Previdência Social. Tais como salários maternidade, auxílio-doença, entre outros.

Qual a diferença entre Microempreendedor individual e Microempresa?

A diferença está ligada ao faturamento, onde enquanto o MEI pode faturar até R$ 81 mil por ano, o ME pode faturar até R$ 360 mil.

Leia mais: Minha empresa cresceu e agora?

Na microempresa o empreendedor pode ter sócios, e tem mais obrigações como a de contratar um contador e pagar os impostos de acordo com o regime do Simples Nacional, calculado a partir de uma porcentagem de faturamento da empresa.

É difícil conseguir crédito para MEI? 

Então, com o crescimento do MEI, as instituições financeiras, começaram a criar linhas de crédito exclusivas para o microempreendedor com juros reduzidos e menos exigências.

microcrédito é uma das formas mais utilizadas para quem deseja investir em seu negócio e precisa de um incentivo. Controle o seu fluxo de caixa e apresente o seu faturamento as instituições. Pois assim, fica muito mais fácil conseguir o seu empréstimo.

Por fim, agora é hora de se formalizar! Se ainda tiver sobrado alguma dúvida, basta deixar nos comentários que iremos responder.

Share this post

Comments (4)

  • Carla Reply

    Meu esposo passou por cirurgia e ainda tem complicações na coluna aguarda médico foi reabilitado e constatado parcialmente capaz recebe um auxílio acidente permanente até se aposentar ou morrer . Gostaria d saber se ele pode fazer o mei e continua recebendo o auxílio acidente ?

    12 de agosto de 2019 at 09:32
    • nayara Reply

      Oi Carla, tudo bem? Caso seu marido se aposente por invalidez e abra um CNPJ MEI, logo ele é considerado apto ao trabalho. Portanto, deixará de receber o benefício por invalidez.

      12 de agosto de 2019 at 11:47
  • Daniel Reply

    Estou começando uma loja virtual e estava quase decidido a me tornar um MEI quando fiquei ciente da impossibilidade do trabalhador CLT receber seguro-desemprego caso se torne um; isso é simplismente ridículo. Sou empregado, registrado, e mantenho este emprego justamente porque estou iniciando meu negócio; ou seja, ele ainda não me gera receita, não tenho capital de giro ainda, esta tudo no inicio. Caso eu me registre como MEI e por algum motivo no mês seguinte for demitido do meu emprego, fico a ver navios pois minha loja não gera receita para pagar nem minhas necessidades mais basicas. Em suma, o MEI alega que veio para tirar o microempreendedor da informalidade quando na verdade está apenas o incentivando a permanecer nela.

    17 de agosto de 2019 at 18:23
    • nayara Reply

      Bom dia Daniel,

      A lei do MEI já tirou milhões de trabalhadores da informalidade, dando a possibilidade de estarem regularizados e recebendo auxílio do governo. O intuito é que a lei venha se aprimorando e trazendo cada vez mais benefícios para o Microempreendedor Individual.

      19 de agosto de 2019 at 08:27

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *